quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Posts anteriores

LULA: CULPADO OU INOCENTE? NA OPINIÃO DE UM ANARQUISTA
Todas as manchetes dos jornalões do país repercutiram – com júbilo disfarçado – a sentença condenatória do juiz Sérgio Moro no processo do qual Lula é réu com a seguinte frase: pela primeira vez na história do Brasil um ex-presidente da república foi condenado pela justiça... Ler mais

GÊNIOS VS. CHARLATÕES: MILLÔR CONTRA FHC
No campo científico ou artístico, há dois tipos extremos: os gênios e os charlatões. Entre eles, acotovela-se a multidão dos medíocres. Embora seja equivocado estigmatizar, o gênio se enquadra bem no perfil popularizado pela ficção... Ler mais

A sociologia da ciência repousa no postulado de que a verdade do produto − mesmo em se tratando desse produto particular que é a verdade científica − reside numa espécie particular de condições sociais de produção... Ler mais

Paris, França. Outono de 1976. O conflito leste-oeste seguia intenso. O mundo soviético e o mundo livre conduziam a atenção e o destino dos povos. O choque do petróleo dos anos anteriores punha fim aos tempos gloriosos. O racionamento econômico impunha contingências... Ler mais

É comum alguns colegas da geografia me perguntarem sobre a doutrina filosófica de Immanuel Kant. Como já estudei o assunto muitas vezes e a todo momento, em meus estudos, me deparo com Kant, resolvi elaborar um guia fácil para uma aula imaginária sobre a “Crítica da razão pura”... Ler mais

Uma rede internacional de comitês de solidariedade à resistência curda vem se estabelecendo no mundo inteiro, impulsionada pela tradição da prática militante e funcionando basicamente como bureaux de propaganda do programa político de Rojava... Ler mais

Há cerca de um ano, uma editora do Paraná especializada em publicações acadêmicas entrou em contato comigo demonstrando interesse em publicar minha tese de doutorado "Ocupar, resistir, construir, morar". Na ocasião, a secretária da editora me disse, ao telefone... Ler mais

O que sabemos, o que não sabemos e o que podemos deduzir sobre o papel de hegemonia geopolítica no “golpe suave” que retirou a Presidenta Dilma Rousseff e seu governo. Durante uma visita recente a Porto Alegre, o professor e escritor cubano... Ler mais

Eu tive a sorte de ser negro em pelo menos quatro continentes e em cada um desses é diferente ser negro e; é diferente ser negro no Brasil. Evidente que a história de cada um de nós tem uma papel haver com a maneira como cada um de nós agimos como indivíduo... Ler mais

Foram anunciados os resultados do Good Design Award 2016, concurso promovido pelo Instituto de Promoção de Design Japonês, com premiação para mais de 1000 inscritos em várias categorias. O seu mais cobiçado e conhecido prêmio, o Grand Award, concedido entretanto... Ler mais

Você sabia que antes de o Brasil ser “descoberto”, isto é, invadido, ocupado e forjado a ferro e fogo pelos europeus, uma Ilha Brasil já era representada no oceano Atlântico pela cartografia desde os anos de 1325?... Ler mais

O prefeito Fernando Haddad, candidato pelo Partido dos Trabalhadores à reeleição da prefeitura de São Paulo, perdeu em quase todos os bairros da extrema periferia da cidade para os candidatos que ficaram em terceiro e quarto lugar... Ler mais.

O texto da TPP [acordo comercial fechado entre Estados Unidos, Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru, Cingapura e Vietnã] agora pode ser visto pelo público, graças ao governo da Nova Zelândia, e é tão ruim quanto alertavam os ativistas... Ler mais.

É quase um consenso na teoria literária que o romance moderno surge com a ascensão da burguesia à condição política de classe dominante. Tal fato se dá no contexto das Revoluções Burguesas, culminando com a Revolução Francesa, em 1789. Com a queda do Antigo Regime e...Ler mais

A posse da ministra Carmem Lúcia ao posto da presidência do supremo tribunal federal gerou polêmica nas redes sociais. Isso porque ao ser interrogada sobre qual forma verbal gostaria de ser chamada, presidenta ou presidente, a ministra respondeu com empáfia... Ler mais

A Comissão Internacional de Estratigrafia vai definir em 2016 se a espécie humana é a maior força natural do planeta, o que precisa de registro nas pedras, tal como já acontece com a radioatividade liberada em mais de dois mil testes nucleares já ocorridos... Ler mais

O primeiro semestre de 2016 fechou com um saldo negativo para as conquistas das mulheres. No cômputo geral, as mulheres sofreram dois grandes reveses: um, na política; outro, na sexualidade. Em ambos os casos, trata-se da costumeira violência contra a mulher... Ler mais

O 18 DE BRUMÁRIO DE MICHEL TEMER, O NANICO
“A história se repete, a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa”. Inicio este texto com uma das frases mais notáveis e, ao mesmo tempo, vulgares, tamanha a sua força retórica, da tradição humanista nas ciências. A frase é inspirada no clássico “O 18 de Brumário de Luís... Ler mais


Quando a geografia aspirou à condição de ciência, ao final do século XIX, emergindo daí a necessidade de constituir suas bases epistemológicas, duas tendências opostas nortearam, como um divisor de águas, projetos nacionais distintos, representados por duas escolas... Ler mais

Nos estudos de linguística um tema bastante interessante é o chamado gênero discursivo. O gênero discursivo pode ser caracterizado como um modo peculiar na fala e na escrita de um determinado grupo social. Um exemplo banal pode ser dado pelo uso da “mesóclise”. A gramática... Ler mais

Se em “A produção da produção”, comentário do artigo “Novas” contradições do espaço, de Ana Fani Carlos, defini o texto comentado como uma macaqueação de um artigo acadêmico; neste, em que comento A reprodução da cidade como ‘negócio’ (“Urbanização e mundialização... Ler mais

Dizem que Ana Fani impôs uma política muito eficaz, internamente à corporação dos geógrafos universitários, pela qual os fins justificam os meios. Embora tal informação seja relevante para entender os bastidores do ensino e da pesquisa nas universidades, o que me interessa... Ler mais

A cibernética, entre os anos de 1940 e 60, concebeu uma teoria científica pela qual propunha uma analogia radical entre o organismo, a linguagem, a sociedade e a máquina (termostato). Em nosso ensaio “Atualidade da Geografia”, publicado em nosso blog, mostramos como... Ler mais

Abrimos com essa citação de Marshall McLuhan porque nos parece condizente com a hipótese da qual gostaríamos de defender neste pequeno artigo, a saber, a identificação de novos gêneros textuais condicionados pela evolução do aparato tecnológico das mídias eletrônicas... Ler mais

A meu ver, um dos maiores equívocos da história do pensamento geográfico foi ter atribuído à geografia o status de ciência positivista por excelência. Além do anacronismo evidente em tal associação (aliás, os geógrafos nunca conseguiram estabelecer ao certo o surgimento... Ler mais

KURZ CIRCUITO (HUMOR)
Após o Capitão Hegel ter ido para a reserva e sido substituído pelo Capitão Marx, agora era a vez do Capitão Kurz assumir o comando da Tropa Fetiche. Durante os severos treinamentos da tropa, o Capitão Kurz descobriu que um Trosko gabava-se de ter dado um salto... Ler mais


Os célebres acontecimentos aqui narrados referem-se à fantástica greve ocorrida no sistema solar quando da deliberação, por parte dos planetas telúricos, reunidos em assembleia extraordinária, realizada no ano de sete bilhões, trezentos e quarenta milhões, quinhentos mil, oitocentos... Ler mais

O título deste pequeno artigo recorda como militantes e simpatizantes das duas agremiações partidárias, PT e PSDB, se denominam, ofensiva e mutuamente, em seus ataques verbais e acusações que, quase sempre, ultrapassam os limites da “boa política” (se é que isso existe)... Ler mais

A referência histórica principal das origens do Dia Internacional da Mulher é a II Conferência Internacional das Mulheres Socialistas em 1910, em Copenhaga, na Dinamarca, quando Clara Zetkin propôs uma resolução para a instauração oficial de um dia internacional das mulheres... Ler mais

MÚSICA E GEOGRAFIA
É bastante lamentável a ausência, salvo engano, de pesquisas que relacionam música e geografia. Na produção acadêmica, pelo menos na Universidade de São Paulo, elas são raras – devido a aparente estranheza da temática musical aos estudos geográficos... Ler mais
Há algumas décadas, o geógrafo francês Yves Lacoste indagou a que fim servia, afinal, a geografia. Talvez, numa tentativa de resgatar a dignidade desta ciência, respondeu que a geografia, em primeiro lugar, está a serviço da guerra, em seu contundente livro de título homônimo... Ler mais


A SAGA DE UM ANDARILHO PELAS ESTRELAS:

Utopia pós-moderna, conta a história de um homem que abandona o planeta Terra e viaja pelas estrelas, onde conhece civilizações extraordinárias. Porém, o universo guarda infinitas surpresas e alguns planetas escondem perigos inesperados. O enredo é permeado de momentos cômicos que acompanham reflexões filosóficas sobre a existência e a vida. O livro é escrito em prosa, mas oito sonetos acompanham a narrativa. Livro de ficção; editora Multifoco... Ler mais



Onde encontrar? Acesse os links abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário